Maior honraria da cultura do estado: Bar América, Vovô de Lumiar e Flim de Santa Maria Madalena

24/05/2018

Mais uma vez Nova Friburgo está entre os destaques da cultura no estado. O diploma Heloneida Studart, considerada a maior honraria cultural do Rio de Janeiro, será entregue pelo deputado estadual Wanderson Nogueira (PSOL-RJ) ao Bar América, Vovô de Lumiar e Feira Literária de Santa Maria Madalena. A cerimônia de entrega do diploma será em junho, na capital.

O diploma Heloneida Studart é uma honraria concedida pela Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, através da Comissão de Cultura, da qual o deputado Wanderson Nogueira é membro.

Para o parlamentar, estes são expoentes da cultura estadual. “Quem nunca foi às segundas literárias e quartas gastronômicas no Bar América? E dançar um pé de serra no bar do Vovô em Lumiar? E visitar a terra de Dercy Gonçalves para curtir a feira literária? Essas pessoas e espaços movimentam a cultura de toda nossa região e merecem demais esse reconhecimento. Estamos muito felizes por poder entregar essa honraria para pessoas que a gente tanto curte”, destacou Wanderson.

No total, 39 pessoas e entidades foram premiados em todo estado.





Bar América



O Bar América é aquele clássico boteco de rua que mantém o seu charme exatamente pelo estilo “meio bagunçado” e pelas maravilhas gastronômicas que acompanham com perfeição um bom chopp gelado. Funcionando de segunda a sábado, é um dos poucos bares da cidade em que o famoso Happy Hour realmente funciona. O Bar América é o bar mais democrático da cidade. Fundado na década de 40, preserva seu perfil clássico até hoje. É o único que pode se orgulhar de ter servido diversas gerações de boêmios. Rivana Abud, atual proprietária, faz questão de realizar semanalmente as segundas-feiras literárias, onde são lidos poemas e textos. Já as quartas-feiras são dedicadas a gastronomia, tendo um prato feito por algum friburguense que manda bem na cozinha, dando a oportunidade dos clientes degustarem as delícias.







Festa Literária em Santa Maria Madalena



O evento dedicado à literatura é realizado todo final de agosto na terra de Dercy Gonçalves. Santa Maria Madalena se consagrou no ramo literário. Assim como as feiras de Paraty (Flip) e de Santa Teresa (Flist), a Flim (Feira Literária de Madalena) homenageia todo ano um autor diferente. Com um ar mais intimista, o projeto da cidade serrana acontece em escolas, praças públicas e espaços culturais, contando com diversas atrações. A programação ainda busca incentivar a produção literária local, realizando encontros com escritores ligados à região, oficinas de histórias e poesias, além de dramatizações, recitais e exposições.



Vovô de Lumiar



Dercy Klein, o famoso Vovô de Lumiar que promove a mais de uma década a famosa segunda sem lei em seu bar. Com um início despretensioso, em que um grupo de músicos cantava e tocava violão na varanda do Bar do Vovô em Lumiar, a reunião de amigos se tornou a maior Jam session da região. Pela dinâmica do evento seu formato nunca se desgasta, pois é uma tradição que se renova a cada encontro e é onde novos artistas têm a oportunidade de se apresentar para um público muito exigente. Tudo acontece em um clima de pura alegria, gerando uma atmosfera de interação entre os músicos e o público. O interessante é que muitas vezes os papéis se invertem e pessoas da plateia vão para o palco e são aplaudidas por quem acabou de se apresentar.

Maior honraria da cultura do estado: Bar América, Vovô de Lumiar e Flim de Santa Maria Madalena