Primeiro projeto de lei do Parlamento Juvenil é aprovado por unanimidade na Alerj

07/02/2018

O Parlamento Juvenil fez história na Alerj. O primeiro projeto de lei de um representante do PJ foi aprovado por unanimidade pelos deputados oficiais. A lei, apresentada pelo deputado estadual Wanderson Nogueira (PSOL-RJ), teve a co-autoria do parlamentar juvenil Rodrigo Pessanha, representante de Conceição de Macabu, em 2015. O PL, que trata sobre logística reversa, foi aprovado em segunda discussão e agora aguarda apenas a sanção do governador.

O coordenador do Parlamento Juvenil, Wanderson Nogueira destacou a importância da política de juventude. “Esse projeto dá espaço para a juventude mostrar que pode, sabe e tem muito a contribuir com o nosso estado. É um momento especial para todos nós, que acreditamos na política de juventude como ferramenta para o desenvolvimento de toda sociedade”, frisou Wanderson.


Idealizador do projeto, Rodrigo Pessanha, de apenas 20 anos, fez questão de falar sobre os benefícios da lei. “Fiquei muito empolgado por ser o primeiro parlamentar juvenil a ter uma lei aprovada na Alerj, ainda mais com esse projeto, que é muito importante pro nosso Estado. A gente precisa rever nossa política de resíduos pra viver com melhor qualidade de vida.”


Segundo o texto, órgãos do Estado, assim como suas autarquias, fundações e entes da administração indireta deverão disponibilizar nos seus prédios recipientes para coleta de produtos eletroeletrônicos e seus componentes, pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio, mercúrio e de luz mistas.

Primeiro projeto de lei do Parlamento Juvenil é aprovado por unanimidade na Alerj