É você

17/05/2018

É o seu drama querendo criar empecilhos. É a sua verdade querendo desvendar os
mistérios. É o seu medo de fazer de conta que o passado não importa. É o seu presente
cheio de emoção brindando o dia em que acordo ao seu lado. É a sua coerência em
sonhar o futuro com dois chuveiros no mesmo banheiro. É a sua arte em brincar com o
tempo e fazendo o tempo girar mais rápido - querer parar o tempo. É a sua porta abrindo
janelas no coração. É você! E você faz eu visitar a mim mesmo e ao me visitar fazer eu
me apaixonar ainda mais por você. Por tudo que você é, e ao ser, também pelo que não
é.
É o seu sorriso verdadeiro quando faz covinha no lado esquerdo do rosto. É também o
sorriso educado que revela desconfiança na forma de frisar a testa. É a sua covinha
afinal sinalizando a temperatura do seu humor. É o seu olhar sereno e certeiro cheio de
firmeza. É a sua mão procurando a minha. É o seu pé beijando o meu (eu adoro o seu
pé). É tudo isso e é você me mostrando que o amor se firma no encontro dos
acontecimentos. E eu te amo ainda mais.
É a sua forma de desenhar corações tortos no vidro embaçado do banho demorado. É
você dizendo eu te amo com sua letra torta no espelho. É o seu charme para vender
realidade. É a sua insanidade querendo provar equilíbrio. É o seu bilhete deixado na
cabeceira como as roupas que larga pelos cantos da casa. É a sua bagunça que arruma os
dias, os meus dias nas nossas horas. É a sua beleza berrante que grita aos meus passos
para te proteger das multidões. Mas é você que me ensina que ninguém poderá tirar os
quadros com as nossas fotos das paredes que nos guardam.
É o seu jeito de me observar. É a sua forma de ser adulto na virtude de jovem. É a
maturidade em que navegam seus conselhos. É a sua coragem que flerta com a
prudência de quem vai. E você vai! É a sua intensidade que gera briga e alegria. É o seu
talento de fazer carinho. É o seu abraço. É a sua insistência em me arrepiar. É a sua
experiência em me ganhar. É a sua sobriedade em produzir mágica. É o seu vício me
viciando e contagiando tudo ao redor. É a vida real me apresentando a mais bela
realidade que é você!
É o seu modo de ser você mesmo. É a sua intimidade desnuda diante de mim. É a sua
voz derramando a sua alma. É o seu beijo destilando sensação. É o seu sexo demorado
trajando fantasia. É a sua indecisão em escolher o prato no cardápio. É a sua paciência
para escovar os dentes. É a sua irresponsabilidade ao beber muito menos dos que os
dois litros necessários de água por dia. É o seu método em concluir renegando as
fórmulas das equações. É a sua confusão após a bebida. É a sua organização na cozinha.
É o seu ciúme tolo que faz cócegas que às vezes irritam. É você mais que o encontro das
nossas nem sempre declamadas poesias. É o seu ânimo para dormir primeiro. É o seu
“boa noite, dorme com Deus”. É o seu simples oi.
É o seu jeito de nomear como ranço o ruim que não tem definição. É o seu sarcasmo. É
a sua maneira de produzir tentação. É a sua pele. É a sua contemplação que me faz
contemplar a sua rara e exclusiva beleza. É a sua ironia quando não tem argumento. É a
sua respiração. É a recusa em esconder o que sente. É o seu conteúdo aberto a
decifração. É a sua desconfiança boba à procura de segurança. É o seu vasculhar
incertezas no meu celular para ler que nosso amor é amor certeza.
É a sua playlist de músicas e as nossas músicas no seu perfil musical. É a sua franqueza
em revelar emoção. É a sua trapaça no jogo. É a sua inteligência em omitir opinião. É a
sua defesa ao provocar raiva. É a sua humildade em pedir perdão. É o seu hábito turrão
de querer ter razão. É o seu sim dizendo não e é o seu não dizendo não mesmo. É a sua
ética. É você me inundando de admiração. É a sua luz. É a sua disposição em ter
preguiça. É o seu amor que instiga minha devoção. É a saudade que me causa antes
mesmo das manhãs de terça chegarem. E é a saudade que grita para que eu venha logo
embora para me abrigar em tudo que você é, simplesmente porque é você desde que
você chegou!