O bem, o mal e a sociedade

11/04/2018

Eu acredito que o ser humano nasceu mais para o bem do que para o mal. É da
natureza do homem ser bom e por ser bom, agente do bem. Claro que as pessoas
são passíveis de erros e falhas, mas sinceramente não acredito que as pessoas
errem propositalmente. Elas erram no intuito de acertar. Pelo menos é o que
acredito, ainda que alguns insistam em quebrar essa crença.
Há quem diga que o homem nasce bom e o mundo o torna mal. Pode até ser, mas
tenho fé que existem mais pessoas do bem que do mal. Na verdade, algumas
pessoas se perdem no caminho. Elas são boas, mas vão se sujando, vão se unindo a
uma infinidade de pequenas maldades, seja por vaidade ou ganância. Acabam por
se perder e perdem o caminho de volta. Se entregam e aí vem o perigo, pois já
deixam de se reconhecer no espelho, pois perderam a balança do discernimento.
Claro que não nego que o bem e o mal existem. Como não nego que os opostos
coexistem. Um não perdura sem o outro até para efeitos de comparação. O amor
contrapõe a indiferença, a virtude o pecado, a sapiência a ignorância e assim por
diante num sem fim de oposições.
Se a maioria dos homens é de bem, porque a sociedade vai se configurando má?
Estamos num retrocesso, onde as práticas nos levam a ter que retornar aos
ensinamentos filosóficos. Mas só a filosofia não nos salvará! É triste ver que
estamos retomando discussões que já foram saturados há mais de três mil anos.
Parece que não saímos do lugar, ou pior, que estamos regredindo. Perdemos tempo
com o que está resolvido e como sociedade esquecemos das questões que realmente
importam. Nada importa mais que a vida e para uma vida plena a liberdade. Mas
uma liberdade que favoreça o fluxo do bem de si e de todos.

Hoje é dia
do Infectologista
da Escola de Samba
do Exército da Salvação
da Organização Internacional do Trabalho

O dia
Dez dias depois do golpe militar, o general Castello Branco foi eleito indiretamente para
a presidência da República em 11 de abril de 1964.

Observando...
Cinco notícias que, talvez, você não viu
- Caixa vai reduzir juros do crédito imobiliário
- Mercado de venda e troca de produtos usados evolui no Brasil
- Nova primeira-dama de SP é feminista e critica Doria
- Em crise, Record planeja troca de apresentador de jornais
- Grandes fecham bilheteria do Carioca no vermelho. Ferj lucra R$ 1,2 mi

Palavreando
Seria tão bom se sempre estivéssemos rodeados pela festa e nunca sufocados pela
solidão, mesmo que metidos na multidão.

Estágio MPT

O Ministério Público do Trabalho (MPT) abriu processo seletivo de estagiários de
Direito para atuar em Nova Friburgo. As inscrições acontecem até o dia 4 de maio pela
internet e são para formação de cadastro de reserva. Segundo o MPT, o local e horário
de realização das provas serão divulgados, posteriormente, também no site da
instituição.
Universitários
A carga horária do estágio é de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias.
Os interessados devem comprovar matrícula e frequência regular, além do cumprimento
de pelo menos 40% da carga horária ou dos créditos do curso superior. O estágio na
instituição é sempre bastante disputado pelos universitários.

Mais Leitura
A Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro vai ampliar o número de lojas fixas do
projeto Mais Leitura, chegando pela primeira vez no interior. Ainda não há previsão
para Nova Friburgo que recebe o projeto de maneira itinerante. As livrarias populares
vendem livros com preços de R$ 2 a R$ 9.