A Copa sem a Itália

15/11/2017

A Copa do Mundo sem a Itália perde um pouco de sua graça. A competição será, como sempre, grandiosa. Mas sem a Azurra não é a mesma coisa, como já não era sem a Holanda. Estamos falando de pelo menos metade das finais de Copas. De quatro títulos e nove finais, com dois vices para Itália e três para a Holanda. São ausências que se farão presentes.
Ainda que a mesma Itália tenha sido eliminada na 1ª fase da última Copa, perdendo as três partidas da 1ª fase. A crise já se anunciava desde então. Mas ainda que o fiasco na Rússia pudesse ser o mesmo do ocorrido no Brasil, não ter a Itália é um peso. É a 3ª maior força da história, atrás apenas de Brasil e Alemanha.
Já a Holanda vinha fazendo boas Copas desde 94. Foi vice para a Espanha em 2010. Ficou em 3ª na Copa no Brasil. Vinha de excelentes resultados e sequer conseguiu ir à repescagem das eliminatórias europeias.
Também é sentida a ausência dos EUA que vinham crescendo e muito nos últimos anos. Com os 32 participantes se definindo amanhã, 16, com Peru ou Nova Zelândia e o outro saindo da chave entre Honduras e Austrália, temos alguns participantes a celebrar. Verdade que não tanto quanto o lamento das ausências de Holanda e Itália. Mas é preciso celebrar o retorno do Egito depois de 28 anos e da Arábia Saudita no Oriente Médio. É bonito ver a festa da pequena Islândia em sua 1ª Copa. O futebol traz esses sentimentos que unem pequenos e grandes, que elevam menores e derrubam gigantes. O futebol ainda é uma bela metáfora da vida.

ISS de cartórios

O Supremo Tribunal Federal (STF) acaba de reconhecer a validade da lei municipal do Rio de Janeiro que reconhece a constitucionalidade da cobrança de Imposto Sobre Serviços (ISS) sobre as atividades de cartórios, notários e serviços de registro público. Ainda cabe recurso da decisão. No entanto, se algum recurso for apresentado, não terá efeito suspensivo.

Busca por arrecadação

A decisão dá segurança jurídica para as prefeituras que já cobram e para aquelas, como a de Nova Friburgo, que não cobram o imposto. Em tempos de busca por arrecadação, inclusive com leis em vários municípios que já cobram por serviços de streaming como Netflix e Spotfy, a cobrança de cartórios parece ser algo lógico.

De volta à normalidade

O Detran acredita que na semana que vem o atendimento no posto de vistoria de Nova Friburgo terá voltado à normalidade. A unidade que ficou paralisada por conta da greve de servidores terceirizados está em regime especial para colocar a agenda que estava marcada - em dia.

Detran com terceiro turno

Uma das ferramentas é a criação do terceiro turno. A partir da próxima terça-feira, dia 21, de acordo com o departamento, o posto friburguense será um dos 11 do interior que passará a atender das 19h às 22h. Os agendamentos já pode ser realizados no site do órgão: www.detran.rj.gov.br.



Hoje é dia
da Proclamação da República
do Esporte Amador
do Joalheiro

O dia
Em 15 de novembro de 1982, um passo importante para a redemocratização do Brasil. Foram realizadas eleições diretas para governador em todos os estados brasileiros, garantidas por uma emenda aprovada em 1979.

Observando...
Cinco notícias que, talvez, você não viu
- Venezuela dá calote no Brasil de US$ 262,5 mi; relação fica ainda pior
- Descoberta cadeia com 15 vulcões submersos no Mar Mediterrâneo
- Polonês Kubica vai substituir Massa e retorna à Fórmula-1 após 7 anos
- Mesmo com título, Corinthians admite falhas em 2017 e já planeja novo ano
- Regina Casé retorna à Globo em 2018 com novo programa, após Copa da Rússia

Palavreando
Receba a graça de amar e guarde as histórias e sensações que a vida lhe concede nesse estado de inteira percepção de tudo à sua volta visto do mais precioso diamante que se pode ter: o do viciado amoroso, do dependente da paixão, do semideus travestido de louco.

A Copa sem a Itália